O que é Assembleia Geral de Instalação (AGI)? Entenda 

Processo para definição para a criação de um novo condomínio requer atenção e participação dos moradores. 

A Assembleia Geral de Instalação, frequentemente abreviada como AGI, é um marco essencial na formação e estruturação de um novo condomínio. Este encontro inaugural é decisivo para lançar os alicerces de uma coexistência pacífica e produtiva entre os condôminos. Nessa ocasião, é comum realizar a escolha do síndico e dos membros do conselho fiscal, além de propor o regimento interno e a convenção do condomínio.  

A assembleia é a melhor forma de definir a estrutura de um novo condomínio 

Reprodução / Freepik 

Entendendo a AGI 

A Assembleia Geral de Instalação (AGI) é um marco inicial indispensável que se realiza logo após a finalização da obra de um condomínio e antes da entrega das chaves aos moradores. Esta primeira reunião, que pode ocorrer tanto nas instalações do próprio condomínio quanto em outro local designado pelo incorporador, é crucial. 

Ela tem como objetivo principal estabelecer as normas e diretrizes que irão nortear o cotidiano dos condôminos, além de eleger o primeiro síndico e o conselho consultivo. Durante a AGI, também são validados os regimentos internos e a convenção do condomínio. Um aspecto essencial discutido nesta reunião é a aprovação do orçamento inicial do condomínio, que abrange itens como a remuneração dos funcionários e custos de manutenção. 

Convocação da assembleia 

A convocação para a AGI é o pontapé inicial para a organização de um condomínio recém-construído. Normalmente, são as incorporadoras ou construtoras que têm a tarefa de reunir todos os futuros proprietários para esse evento significativo, que idealmente acontece nas instalações do próprio condomínio. 

Implementação das discussões 

Após a AGI, uma série de procedimentos são desencadeados com base nas deliberações acordadas. Confira os passos mais comuns que se seguem após a assembleia: 

  • Execução das Decisões: As resoluções tomadas durante a AGI, incluindo a aprovação do orçamento, a eleição do síndico, alterações nas regras internas ou a autorização de obras, devem ser postas em prática conforme determinado. 
  • Atas da AGI: Uma ata detalhada deve ser elaborada, servindo como um documento oficial que relata todas as decisões, votações e discussões ocorridas. A ata é assinada pelo presidente da mesa e pelo secretário escolhido, sendo posteriormente disponibilizada a todos os condôminos. 
  • Comunicação aos Condôminos: É essencial que as decisões sejam comunicadas a todos os proprietários, seja através da ata ou por outros meios, como circulares ou e-mails, assegurando que todos estejam informados sobre as mudanças que impactam o condomínio. 
  • Posse do Síndico e do Conselho Consultivo: Caso a AGI tenha incluído a eleição de um novo síndico ou conselho consultivo, os eleitos devem tomar posse de suas funções e iniciar a gestão do condomínio seguindo as diretrizes estabelecidas. 
  • Pagamento das Despesas Aprovadas: Se despesas específicas foram aprovadas, os condôminos devem efetuar os pagamentos de acordo com o rateio definido. 
  • Registro em Cartório: Para algumas decisões, como alterações na convenção do condomínio, é necessário o registro em cartório para conferir validade legal às deliberações. 

É fundamental que todas essas ações sejam realizadas em conformidade com a legislação vigente e a convenção do condomínio.  

Embora não seja uma exigência legal no Brasil, o registro das atas de assembleias de condomínio em cartório é uma prática recomendada para conferir segurança jurídica e evitar disputas. As vantagens de tal registro incluem: 

  • Segurança Documental: Assegura a preservação das atas, protegendo-as contra perdas ou danos. 
  • Transparência para os Condôminos: Facilita o acesso dos moradores aos documentos, promovendo a clareza nas ações administrativas do condomínio. 
  • Validação das Decisões: Funciona como um comprovante das deliberações, útil em casos de litígios ou questionamentos. 
  • Arquivo Histórico: Cria um registro cronológico das decisões e eventos importantes, contribuindo para uma gestão eficaz e informada.  

As decisões da AGI precisam ser votadas e comunicadas 

Reprodução / Freepik 

Leia mais: 

Como usar o décimo terceiro para realizar o sonho da casa própria   

Dicas para comprar apartamento na planta sem medo  

Como saber se sua renda é suficiente para um financiamento 

Sobre a Habras 

Desde a nossa fundação a Habras consolidou-se como uma incorporadora e construtora especializada em projetos residenciais verticais e horizontais no estado de São Paulo.    

Acreditamos profundamente no impacto transformador de uma habitação de qualidade e, por isso, investimentos em equipamentos e ferramentas que garantam mais eficiência e rentabilidade em nossas obras.    

Buscamos sempre soluções que estejam enquadradas com políticas socioambientais, minimizando o impacto no meio ambiente e contribuindo para a comunidade na qual estamos inseridos.    

Nos dedicamos a projetos que inspiram e refletem a nossa solidez. Não construímos apenas edifícios; construímos lares, conexões e futuros brilhantes. 

Outras postagens interessantes

Tendência 2021: quarto jovem

Sabemos que todo ambiente deve ser personalizado de acordo com a identidade de quem viverá ali, não é mesmo? Os